sábado, 21 de janeiro de 2012

Carrinho para o bebê - Como escolher?


Quando estamos grávidas começamos a nos deparar com questões que nunca pensamos antes, como o tamanho do berço, carrinhos de bebê, bebê conforto, Moises... etc, enfim para cada pessoa que eu perguntava uma opinião ouvia uma história diferente, porém em todas elas tinha uma coisa em comum-teste o carrinho no seu porta-malas do carro. Confesso que na época não entendi essa dica, mas depois vi a realidade. Quando viajamos com a criança ainda pequena levamos um monte de coisas, e o porta malas acaba ficando pequeno com o carrinho junto, pois muitos deles ocupam praticamente 90% ou até 100% do porta malas.

Outro item importante na hora da escolha é o estilo do carrinho que você quer comprar, afinal deve ser visto como investimento, pois não custam barato. Meu marido adora correr e pratica a corrida praticamente todos os dias, então queríamos um carrinho que fosse capaz de "agüentar" as corridas do papai e meu marido poder correr com o carrinho sem problemas. Para isso fomos em várias lojas e JURO... ele testou literalmente os carinhos, levava no meio da rua e corria uns metros para testá-los....foi hilário.

Também levamos em consideração que queríamos um carrinho que agüentasse ir várias vezes para fazenda, ou seja, andar na terra, nas pedras,... enfim...não poderia ser frágil e as rodinhas tinhas que ser grandes e resistentes o suficiente para agüentar esse trabalho.

No final acabamos comprando um carrinho super resistente, porém ENORNE, ele ocupa o porta malas quase inteiro, então a opção foi trocar de carro...

Minha mãe e minha sogra acabaram comprando um carrinho tipo guarda chuva para cada uma das casas, então quando íamos visitá-las não precisávamos levar o "trambolho" como o chamamos. O Pedro tem quase 4 anos e até usamos ele pra caramba, então pra mim foi ótimo.

Agora se você não liga pra corrida ou pra fazenda procure um carrinho leve e fácil de dobrar com assentos, mas não se esqueça que as rodas devem ser grandes e duráveis. 

Comprar no exterior é bem mais barato, mas se fizer a conta viagem + passagem + hotel... as vezes não compensa tanto assim...massss.....façam as contas.

Esse é o meu INFANTI - LIFESTYLE COLLECTION 
Eu sou apaixonada por um carrinho da Quinny, acho ele super prático, porém não sei até que idade a criança pode utilizá-lo, mas seu design e a leveza é incrível.


Quinny Buzz Stroller

A Chicco também é uma marca muito renomada, assim como Peg-Pérego, Burigotto
e outras. Posso afirmar que as escolha é realmente muito pessoal, mas se eu fosse comprar hoje um outro carrinho eu com certeza pensaria no custo benefício, ou seja, até quantos kg ele aguenta, se as rodas são resistentes - faça o teste na loja mesmo, indo pra frente e para trás, veja de a roda não trava igual acontece com os carrinhos de supermercado, a leveza, peso e preço.

Achei uma matéria da revista Veja que talvez seja muito útil para as novas mamães na escolha do carrinho.

Segue:

"Teste 4 rodinhas

Monica Weinberg
Quem pilota todos os dias um carrinho de bebê sabe que essa pode ser uma tarefa tão extenuante quanto exercitar-se numa academia — especialmente se o modelo escolhido se assemelhar a uma jamanta.
Fotos Maurilio Clareto

Para fugir de tal cenário, a experiência mostra que as melhores decisões nesse campo têm sido tomadas com base na comparação. Afinal, há no mercado exemplares de todo tipo e qualidade. A pedido de VEJA, a engenheira químicaCecília Metzger, 41 anos, testou alguns dos carrinhos para passeio mais vendidos no Brasil, tendo a bordo o filho Max, de 3 anos. Os dois enfrentaram ladeiras, trilhas e calçadas malconservadas de São Paulo. As apreciações de Cecília foram cruzadas com a avaliação de um grupo de especialistas, o que resultou nas conclusões ao lado. Entre elas, uma surpresa: o carrinho da Burigotto, produzido no Brasil e o mais barato da lista, oferece o melhor custo-benefício.







Modelo testado: MacLaren
(Quest Sport Navy Crimson)
País de origem: Inglaterra
Preço*: 700 reais
Peso: 7,2 quilos
Diâmetro da roda: 12 centímetros
Ao ser dobrado...
Largura: 24 centímetros
Comprimento: 1 metro
Teste
Na ladeira: é um dos mais fáceis de empurrar – mesmo em subidas íngremes
Na calçada: sacolejou um pouco durante o passeio, especialmente ao cruzar terrenos irregulares
Na hora de fechar: depois de adquirida alguma familiaridade com o sistema, fica fácil fechar o carrinho
Na mala do carro: é o que menos ocupa espaço no porta-malas
Comentário: o modelo reúne três qualidades relativas à praticidade: é leve, compacto e fácil de dobrar. Fica um pouco atrás de outros carrinhos testados no quesito conforto – e na performance sobre calçadas mais acidentadas

Modelo testado: Burigotto (Xtreme)
País de origem: Brasil
Preço: 350 reais
Peso: 6,8 quilos
Diâmetro da roda: 15 centímetros
Ao ser dobrado...
Largura: 26 centímetros
Comprimento: 1,04 metro
Teste
Na ladeira: o mais leve de todos, proporciona uma subida sem muito esforço
Na calçada: trepida um pouco, na mesma medida do MacLaren
Na hora de fechar: é tão fácil de ser dobrado quanto o carrinho MacLaren
Na mala do carro: não requer, como alguns dos modelos nestas páginas, muita força para ser levantado e alojado no bagageiro
Comentário: leve e menos volumoso do que a maioria dos carrinhos, segue a mesma linha do MacLaren, com uma ligeira desvantagem e uma vantagem fundamental em relação a ele: o acabamento é, sim, um pouco pior – mas o modelo sai pela metade do preço

Modelo testado: Chicco
(CT 0.4 Stroller)
País de origem: Itália
Preço: 700 reais
Peso: 9 quilos
Diâmetro da roda: 19 centímetros
Ao ser dobrado...
Largura: 38 centímetros
Comprimento: 1,14 metro
Teste
Na ladeira: foi o que demandou mais esforço para chegar ao topo
Na calçada: demonstrou quase tanta estabilidade quanto o carrinho Peg-Pérego – o de melhor desempenho nessa situação
Na hora de fechar: o que dificulta um pouco a tarefa é o fato de ser maior do que os outros
Na mala do carro: pesado e, de longe, o mais espaçoso, exige força física e jeito quando vai ao porta-malas
Comentário: ele tem o lado bom e o ruim de um carrinho de passeio de dimensões maiores: ganha em conforto, mas perde em praticidade – recomenda-se a quem cogita carregá-lo numa viagem pensar duas vezes 

Modelo testado: Peg-Pérego
(Pliko P3 Clássico)
País de origem: Itália
Preço: 1 100 reais
Peso: 8,1 quilos
Diâmetro da roda: 17 centímetros
Ao ser dobrado...
Largura: 34 centímetros
Comprimento: 1,05 metro
Teste
Na ladeira: o peso do carrinho se faz sentir nas subidas mais acentuadas
Na calçada: foi o que melhor encarou os obstáculos ao longo do percurso
Na hora de fechar: é o mais fácil de ser dobrado. Ao contrário dos outros, exige apenas o uso das mãos, prescindindo dos pés
Na mala do carro: é mais penoso de ser colocado no porta-malas do que os modelos mais leves e compactos
Comentário: o mais caro entre os carrinhos avaliados, esse modelo compensa para pessoas cujo objetivo seja lançar-se em longos passeios. É quando a maior agilidade e o conforto se farão notar – e serão um diferencial relevante
* Preços médios

Com uma roda a menos
Especialistas comparam os triciclos para bebês aos tradicionais carrinhos. As conclusões:
Peso (média em quilos)
Triciclo: 11
Carrinho tradicional: 7,5
ESPAÇO QUE OCUPA FECHADO
Largura (média em centímetros) 
Triciclo: 65
Carrinho tradicional: 30
Comprimento (média em metros)
Triciclo: 0,85
Carrinho tradicional: 1
Diâmetro da roda (em centímetros)
Triciclo: 25
Carrinho tradicional: 18
Conclusão: os triciclos custam mais caro, mas podem compensar para alguém em busca de algo específico – e aparentemente inconciliável: exercitar-se enquanto passeia com um bebê. Com rodas 40% maiores, permitem a quem os empurra praticar corrida sem chacoalhá-los, como ocorre com os carrinhos tradicionais
Indicação dos especialistas: numa faixa de preço mais alta (2 500 reais), o da marca Chicco, cujas rodas vêm com amortecimento similar ao das bicicletas. Por um preço menor (1 100 reais), o triciclo Infanti se destaca pelo mecanismo de fechamento quase automático"

Beijos e Espero ter ajudado e Boas compras.

3 comentários:

  1. MELHOR SITE DE VENDAS http://www.mercadozets.com.br/

    VENDE DE TUDO

    BEBÊ CONFORTO
    ... ...
    http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=bebe+conforto&IDCategoria=110

    VENDE DE TUDO TEM BERÇO ELETRONICOS CELULARES TV NOTEBOOK COMPUTADOR ACESSORIOS PARA CARROS BRINQUEDOS ARTIGOS INFANTIS E MUITO MAIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela dica! Beijos e Bom Final de Semana, Lê

      Excluir